O Estado do Ceará tem se destacado no cenário nacional pela grande capacidade de desenvolvimento e ampliação da política de Ensino Médio integrado à educação profissional. Em 2008, quando o programa foi iniciado, foram implantadas 25 Escolas Estaduais de Educação Profissional (EEEP), que ofertavam, em 20 municípios, quatro cursos profissionais de nível técnico: Informática, Enfermagem, Guia de Turismo e Segurança do Trabalho.

O critério adotado pela SEDUC para a escolha dos municípios que iriam receber as primeiras escolas profissionais foi, além da capital, ser município sede das Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação (CREDE). A secretaria também seguiu alguns parâmetros para eleger as escolas estaduais que se tornariam escolas de educação profissional: se situarem em áreas de vulnerabilidade social; apresentarem indicadores educacionais abaixo do esperado como forma de revitalizá-las; e estarem em condições mínimas necessárias à implantação.

A escolha dos cursos se deu em função das características socioeconômicas dos municípios inicialmente contemplados, em diálogo com os projetos estratégicos do governo estadual no que se refere ao desenvolvimento econômico e produtivo do Ceará. Esse critério continua a ser considerado na criação de novos cursos.

Passados 10 anos de implantação do projeto, constata-se uma expansão significativa em 2018:

  • Número de escolas – ampliação de 25 para 119 escolas

  • Número de municípios contemplados – ampliação de 20 para 95 municípios

  • Número de cursos técnicos ofertados - ampliação de 4 para 52 cursos, nas mais diversas áreas de atuação

 

Quadro - Desenvolvimento da Educação Profissional no Ceará, de 2008 à 2018.

Ano Escolas em funcionamento
(Nº)
Municípios
(Nº)
Cursos
(Nº)
Matrícula Inicial
(1ª, 2ª e 3ª series)
2008 25 20 4 4.091
2009 51 39 13 11.116
2010 59 42 18 17.290
2011 77 57 43 23.465
2012 92 71 51 29.618
2013 97 74 51 35.734
2014 106 82 53 40.654
2015 111 88 52 43.811
2016 115 90 53 47.823
2017 117 93 53 49.627
2018 119 95 52   52.571*

Fonte: Secretaria da Educação do Ceará/Coordenadoria de Educação Profissional / Sistema de Gestão Escolar

Em 2018, aproximadamente 12% dos alunos do ensino médio estão nas escolas de educação profissional, o que representa um total de 52.571 alunos, conforme indica a oferta de matrícula. Os grandes beneficiários desse projeto são os estudantes, que ano a ano vêm sendo contemplados com a ampliação do acesso. Até 2017,  75719 alunos concluíram a formação técnica nas escolas de educação profissional do Estado.

 Evolução do número de alunos matriculados nos cursos técnicos, no Estado do Ceará, no período de 2008 à 2018.


 

*Dados via SIGE a serem consolidados até o fim do ano
 
Fonte: Secretaria da Educação do Estado do Ceará/
Coordenadoria de Educação Profissional/Sistema de Gestão Escolar.